0

Como adotar uma criança – Dicas e informações sobre o procedimento

Ter uma família, em um local feliz e cheio de harmonia é o desejo de muitas pessoas. Para aqueles casais que não conseguem ter filhos, ou até mesmo alguns que querem ajudar o próximo, a decisão de adotar uma criança é uma opção. Porém, nem todas as pessoas estão aptas a conseguir adotar, mesmo sendo um ato generoso e que tenham muitas crianças na fila de espera. Essa burocracia é proposta de forma eficiente, visto que muitos decidem adotar por moda, entre outros motivos considerados fúteis. Resultando em uma possível depressão em algumas crianças que são adotadas e depois colocadas de volta no orfanato.

Para prevenir de situações semelhantes como essas, a adoção passa a ficar mais rígida, sendo obrigatório aos pais adotivos passarem por uma triagem, esse processo pode durar até 9 meses, sendo feita de maneira legal e respeitando assim os direitos da criança. Confira dicas e informações sobre o procedimento de como adotar uma criança.

Cada município tem o seu processo de adoção, como também a duração do procedimento. Primeiro os pais adotivos devem procurar o Juizado da Criança e da Juventude da capital que habita. É preciso procurar informações de como proceder em cada etapa e os horários de atendimento. Assim que os pretendentes a adoção procuram esse órgão imediatamente os seus nomes são colocados na lista de pais interessados em adotar.
Vale ressaltar que todo procedimento é feito de maneira gratuita e a demora pode ocorrer devido aos pais colocarem os perfis das crianças que querem adotar, sendo que muitos preferem crianças recém-nascidas e da cor branca, dificultando a adoção de muitas outras.
Para adotar são necessários os seguintes documentos: Carteira de identidade e CPF; certidão de nascimento; comprovante de residência; comprovante de renda; certidão de casamento do casal que pretende adotar. 

Adoção

Existe um acordo com Estatuto da Criança e do Adolescente para adotar uma criança como: A pessoa deve ter idade mínima de 21 anos, podendo ser casada ou solteira. As crianças que serão adotadas devem ter idade limite de 18 anos, os pais adotivos devem ter 16 anos a mais que a criança que será adotada. Os pais biológicos da criança devem conceder a adoção perante a justiça, exceto quando os pais biológicos foram imprudentes com os direitos das crianças, sendo a guarda entregue a justiça.

Como adotar uma criança

Como adotar uma criança

É fundamental salientar que a adoção terá um período de convivência, onde os pais adotivos e a criança adotada terão que passar um tempo para se acostumarem até a guarda definitiva ser concluída. Porém deve desconsiderar em adoção de bebês com menos de 1 ano para este estágio de convivência. Portanto, se pretende adotar uma criança, veja essas dicas e tudo sairá bem no processo. Boa Sorte!

.

Comente!

Enviar Comentário
Por: Luiz Junior © 2017 Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Criação de sites.