0

Teste do Pezinho – Quando fazer e tipos de teste e doenças encontradas

O Teste do Pezinho é um exame rápido de prevenção que coleta gotinhas de sangue do calcanhar do bebê com a finalidade de impedir o desenvolvimento de doenças que, se não tratadas, podem levar à deficiência intelectual e causar outros prejuízos à qualidade de vida das pessoas. Para que a prevenção seja possível, a coleta deve ser efetuada na primeira semana de vida da criança e as amostras devem ser enviadas o quanto antes para o laboratório.

O Laboratório APAE de São Paulo foi o primeiro a implantar o Teste do Pezinho no Brasil e na América Latina e hoje é reconhecido como um dos três maiores do mundo nesse segmento, realizando exames para cerca de 300.000 crianças por ano.

teste do pezinho

Dia 6 de junho “Dia Nacional do Teste do Pezinho”

O Governo brasileiro, em reconhecimento ao grande serviço prestado à saúde pública, instituiu o dia 6 de junho como “Dia Nacional do Teste do Pezinho”. O projeto de lei foi proposto pelo Senador Flavio Arns, cuja iniciativa busca instituir uma data comemorativa e lembrar que o exame é um direito de todos os brasileiros.

Tipos de Teste

Teste do Pezinho Básico – composto por quatro diagnósticos: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Anemia Falciforme, Fibrose Cística e demais Hemoglobinopatias.

Teste do Pezinho MAIS – composto por dez diagnósticos: Fenilcetonúria, Hipotireoidismo Congênito, Anemia Falciforme e demais Hemoglobinopatias Deficiência de G-6-PD, Galactosemia, Leucinose, Deficiência de Biotinidase, Hiperplasia Adrenal Congênita e Toxoplasmose Congênita.

Teste do Pezinho SUPER – faz o diagnóstico de 46 patologias, é um dos mais completos Testes de Triagem Neonatal existentes.

teste do pezinho

O teste SUPER inclui em seu painel, além de 10 doenças dos Testes do Pezinho BÁSICO e MAIS, outros 36 diagnósticos de aminoacidopatias, defeitos do metabolismo dos ácidos graxos e das acidemias orgânicas, realizados através da avançada tecnologia de Espectrometria de Massas – MS/MS Tandem.

Teste do pezinho – Tipos de doenças

Fenilcetonúria: Uma doença que causa um comprometimento neurológico no desenvolvimento da criança;

Hipotireoidismo congênito: Doença que pode levar ao retardamento mental e má formações físicas;

Anemia falciforme: Pode levar a alterações em todos os órgãos e sistemas do corpo;

Hiperplasia adrenal congênita: Doença que faz com que a criança tenha uma deficiência hormonal de alguns hormônios e um exagero na produção de outros, que pode inclusive levar à morte;

Fibrose Cística: Doença que leva à produção de uma grande quantidade de muco, comprometendo o sistema respiratório, afetando também o pâncreas;

Galactosemia: Doença que faz com que a criança não consiga digerir o açúcar presente no leite, podendo levar a um comprometimento do Sistema Nervoso Central;

Toxoplasmose Congênita: Doença que pode ser fatal ou levar à cegueira, icterícea, convulsões ou retardo mental;

Deficiência de biotinidase: Pode levar à convulsões, falta de coordenação motora, atraso no desenvolvimento e queda dos cabelos;

Deficiência de glicose-6-fosfato desidrogenase: Facilita ao aparecimento de anemias, que podem variar de intensidade;

Sífilis congênita: Uma doneça grave que pode levar ao comprometimento do sistema nervoso central;

Aids: Doença que leva a um sério comprometimento do sistema imune, que ainda não tem cura.

Gostou? Compartilhe esse post em sua rede social
.

ARTIGOS RELACIONADOS

Comente!

Enviar Comentário
Por: Luiz Junior © 2018 Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Criação de sites.