0

Vida pós-maternidade: Como voltar à ativa?

Diferente do que a maioria das pessoas imagina, quando a licença-maternidade acaba quem mais sofre são as mães, não os bebês. Para aliviar a angústia, as mulheres precisam encarar essa fase como parte do desenvolvimento dos filhos. Por mais que situações conflituosas assombrem, o melhor é adaptar-se, encontrar formas de controlar a saudade, decidir quem cuidará da criança e identificar as maneiras de conciliar trabalho com as tarefas domésticas.

O regresso ao trabalho

Prepare-se! Durante a licença, saiba o que está ocorrendo na empresa para não ficar perdida quando voltar. Hoje há um excesso de informação, não se pode vacilar. Com relação às emergências médicas, evite ao máximo sair do trabalho para resolver problemas pessoais. Peça a parentes para levarem a criança ao médico, por exemplo. Se não tiver como, fale com o seu patrão sobre ter horários mais flexíveis.

O que fazer com a criança?

Onde deixar: O término da licença coincide com a idade ideal para colocar a criança na escola. Por volta dos 4 e 5 meses, inicia-se o processo em que ela cria seus próprios limites corporais. Mas antes de escolher onde vai deixá-la, tenha referências e visite o local.

Amamentação: Retire uma boa dose de leite e deixe armazenado para os educadores alimentarem a criança nos intervalos das refeições. Não esqueça de perguntar ao médico sobre esse processo. Ele poderá orientá-la durante a transição.

Saudade: Você ficará com o coração apertado ao deixar seu pequeno com outra pessoa. Para amenizar, mantenha contato com a escola. A saudade deve ser aquela vontade suportável de retornar para a casa e ter o bebê nos braços.

Ida à escola: A cena de dexar o filho na escola e vê-lo chorando é comum, Nessas horas, apenas respire fundo e vire as costas. Logo, ele será entretido pela equipe. Converse sempre com os educadores, eles poderão informar sobre a evolução do bebê.

Gostou? Compartilhe esse post em sua rede social
.

ARTIGOS RELACIONADOS

Comente!

Enviar Comentário
Por: Luiz Junior © 2019 Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Criação de sites.